Blog Oobj

Tipos de Notas Fiscais eletrônicas: conheça todos elas

0
Tempo de leitura: 3 minutos

Você sabe quais tipos de notas fiscais eletrônicas a sua empresa deve emitir?



As diferentes categorias e tipos de Notas Fiscais foram criadas com o objetivo de organizar o sistema fiscal das empresas. 

A nota fiscal tem como objetivo comprovar a venda e compra de produtos e mercadorias. Assim, ela contribui para o gerenciamento das finanças dos negócios, servindo para o controle interno, cálculo dos tributos a serem recolhidos e cumprimento da lei. É através dela também que os impostos são recolhidos. 

Sabemos que o cenário fiscal é complexo, mas é importante saber sobre os diferentes tipos de notas fiscais, a fim de evitar erros de tributação, desperdício de recursos e garantir uma operação eficiente.

Portanto, neste artigo, você vai saber mais detalhes sobre cada nota fiscal e entender qual documento a sua organização tem a obrigatoriedade de emitir. 



Nota fiscal eletrônica (NFe)

Desde 2007, a NFe é utilizada. Ela faz parte das transações de produtos e mercadorias tangíveis.

Para emitir uma NFe é necessário ter um certificado digital. Ou seja, a emissão é feita através da Sefaz de cada estado juntamente com o software emissor escolhido pelo negócio. Assim, após a emissão, é gerado o XML e o DANFe (Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica). 



Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFSe)

Ao contrário da NFe, a NFSe tem como função substituir a declaração de serviço e dessa forma realizando a transação de compra e venda de bens intangíveis. 

A transmissão desse documento ocorre através de cada prefeitura do município da empresa emissora, sendo vinculado ao Recibo Provisório de Serviço (RPS).

Atualmente, já é possível fazer a integração das emissões por municípios, ou seja, organizando as notas em um só layout. Saiba como no site da Oobj.




Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFCe)

A NFCe substitui o cupom fiscal para comércio e varejo. Assim, a transmissão é feita diretamente para a Sefaz e a partir do sistema emissor da empresa, a cada venda realizada.

É por meio do DANFCe que as informações do estabelecimento e da compra podem ser verificadas, utilizando a chave de acesso e QR Code impressos nele.




Nota Fiscal Avulsa (NFAe)

A NFAe é o documento usado por não contribuintes do ICMS, que não são obrigados a emitir NFe. Normalmente, quem utiliza esse tipo de nota são Microempreendedores Individuais (MEI), micro e pequenas empresas. 

As regras para a emissão podem variar de estado para estado, mas sempre é necessário se cadastrar de forma online para receber a autorização. Basta solicitar nota por nota no portal da Sefaz.

Por mais que ela seja emitida eletronicamente, a NFAe tem a validade garantida pelo papel, sendo necessário fazer o seu armazenamento físico. 




Nota Fiscal de Energia Elétrica eletrônica (NF3e)

A NF3e tem como objetivo documentar as operações de energia elétrica. Ela é emitida e armazenada eletronicamente e sua validade jurídica é garantida pela assinatura digital de quem emite. Já a autorização de uso é garantida pela administração tributária da unidade federada do contribuinte. 




Além da obrigatoriedade de emissão

Provavelmente,  o seu negócio tem a obrigatoriedade de emitir alguma das notas descritas acima. Mas apenas cumprir a legislação não é suficiente para o crescimento da empresa. É preciso ir além de emitir notas fiscais e investir em uma gestão fiscal de qualidade. 

Mas como fazer isso? Incluindo medidas que otimizem sua rotina fiscal, acabando com o trabalho manual. Ou seja, isso faz sua empresa ganhar tempo e reduzir custos. Use esse tempo para pensar estratégias de mercado e aumentar a eficácia dos seus produtos e serviços. 

Para você perceber na prática como ajudamos outras empresas em sua rotina fiscal, veja alguns cases de sucesso de nossos clientes: 



Seu negócio está pronto para o crescimento? Fale com a gente e gerencie suas NFes, NFCes e NFSes com a Oobj:


FALE COM NOSSOS CONSULTORES


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ir para o topo