Gestão de Sprint: como otimizar as entregas do seu time de TI

0
sprint Tempo de leitura: 3 minutos

Sprint, Roadmap e Scrum: veja como aplicar esses conceitos e revolucionar a produtividade da sua equipe de TI!


Todo time de TI deve possuir um sistema de organização de tarefas e processos. Afinal, uma metodologia para entrega de trabalhos contribui com:

  • Produtividade
  • Engajamento 
  • Eficácia nas entregas
  • Bom funcionamento do software
  • Diminuição de atrasos

Pensando nisso, preparamos um material gratuito para você utilizar com o seu time. Um quadro baseado nos conceitos de Sprint, Scrum e Roadmap, que são ideais para garantir os 5 pontos citados acima. Utilize e personalize de acordo com as necessidades da sua equipe. 

O quadro está pronto para utilizar, é só acessar:


ACESSAR QUADRO


Para saber mais sobre Sprint, Scrum e Roadmap, continue acompanhando o texto:



O que é Scrum?

Scrum é uma metodologia ágil muito utilizada na execução de projetos relacionados à TI. Vista como uma forma estratégica de organizar atividades, a Scrum permite agilizar entregas e aumentar a eficiência.

Essa metodologia é muito utilizada porque é efetiva. Ela funciona a partir de um cronograma ágil, que divide as etapas do projeto em diferentes fases, as Sprints. 



O que é Sprint?

A Sprint representa cada fase do projeto, para ela se define um prazo, uma categoria e uma classificação.

Por exemplo, a Sprint “A” pode ser categorizada como “Correção de Erros”, dentro dela existirão diversas atividades. Sendo que sua classificação pode ser “Urgente” ou “Crítica” e o prazo para 4 semanas. 

Esses pontos quem irá definir será o líder da equipe. 

💡 Lembre-se: é importante que o líder também organize a forma de como irá utilizar essa metodologia. O quadro gratuito pronto para uso que compartilhamos com você está baseado nos princípios de um bom roadmap



Como o Roadmap funciona?

O Roadmap é um mapa visual para organizar as demandas da sua equipe. É uma bússola gerencial extremamente necessária para finalizar projetos.

A ideia é básica, se você sabe onde quer chegar, mas não tem clareza do início e do meio do caminho, dificilmente vai conseguir cumprir esse objetivo. E se conseguir, vai demorar muuuuito!

E é a partir disso que organizamos esse material gratuito para o seu time e também é a forma que situamos as tarefas do DEV aqui na Oobj. 

Agora que você já sabe disso, vamos ver como planejar as Sprints:



Como planejar a Sprint

Escolha a Ferramenta certa

O primeiro passo é escolher a ferramenta que irá ajudar o seu time a fazer o acompanhamento das Sprints. O quadro com a organização das sprints que preparamos é no Trello. Mas você pode escolher outro aplicativo, conforme a necessidade do seu time. 


Alimentação e gestão do Backlog

É o local onde você reúne os brainstorms da equipe. Você pode deixar nessa etapa também as ideias que não fazem sentido serem desenvolvidas agora, mas que possam ser executadas no futuro.  


Categorização

A partir das ideias geradas no backlog e em reuniões, é necessário separá-las por categorias. Dessa forma, é possível ter uma visão mais macro de todas as atividades que farão parte do roadmap.


Definição de Prioridades

Depois de separar as atividades em categorias, defina o nível de prioridade de cada uma. Por exemplo: crítica, alta, média e baixa.


Estimativa de Tempo

Essa é uma etapa que raramente vemos nos processos de desenvolvimento das empresas. Mas ela é fundamental para a produtividade do time. Foque em trabalhar nas tarefas com maior prioridade e defina uma estimativa de prazo para cada uma.


Candidatos à Sprint

Chegou a hora de montar a Sprint para iniciar a execução. Mas antes disso você precisa definir o que vai ser executado agora. Esta etapa serve exatamente para isso, definir as atividades que são mais importantes para compor a próxima Sprint.


Sprint em execução

Separe as Sprints que estão sendo executados no presente momento. Equilibre as tarefas entre as pessoas do seu time para manter a produtividade.


Atividades concluídas

Cada Sprint tem diferentes tarefas necessárias para seu cumprimento total. Separe aquilo que já foi concluído. Isso ajuda no engajamento, organização e produtividade. 


Sprint finalizada

Toda Sprint ou atividade possui uma data para iniciar para finalizar. Muitas vezes acontece de não conseguirmos cumprir o prazo e a decisão mais comum é esquecer do plano e continuar executando para entregar o mais rápido possível. Mas o melhor a fazer é planejar o restante da atividade que ficou atrasada para a próxima Sprint e finalizar a Sprint atual na data planejada, mesmo que nem todas as atividades foram concluídas.


Em espera

Separe as tarefas que precisam de validação/execução de outras pessoas para serem concluídas. 

Bom, é isso. Espero que esse texto tenha contribuído para a sua visão de Gestão de projetos e tarefas. 

E para você colocar todo esse conhecimento em prática é muito fácil! É só começar a usar com a sua equipe o quadro que preparamos!

Acesse o quadro de Roadmap e revolucione a gestão do seu time de TI!


ACESSAR QUADRO


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *