Blog Oobj

Danone tem redução de 40% dos custos com software de gestão fiscal

0
case danone oobj Tempo de leitura: 2 minutos

O Grupo Danone é um dos líderes mundiais no setor de alimentos e reúne quatro divisões: Produtos Lácteos Frescos, Early Life Nutrition (nutrição infantil), Águas e Nutrição Especializada. Sempre de forma inovadora e saborosa, a Danone está presente em mais de 130 mercados e conta com mais de 100 mil colaboradores.



Os desafios da Danone

Nesse cenário tão abrangente e complexo, a Danone Brasil tinha um grande desafio com as operações que envolviam a gestão fiscal: ter um sistema rápido e ágil na emissão de Notas Fiscais Eletrônicas.

Além da dificuldade citada acima, a manutenção dos sistemas da Danone no Brasil se localiza na França (sede da companhia). Logo, a necessidade da empresa era a de uma solução com um processo de migração ágil e com o menor impacto possível.

Consequentemente, seria necessário que a nova solução entregasse maior valor para as diversas áreas de negócios da empresa, sem aumentar os custos. Ou seja, a Danone precisava de:

  • Agilidade e segurança na emissão de notas fiscais eletrônicas
  • Solução na nuvem de fácil migração
  • Migração integrada ao ERP com pouco impacto nas operações
  • Inovação na gestão fiscal
  • Entrega de valor para os usuários


Resultados e redução de 40% dos custos

Visto isso, a Oobj entrou nesse cenário e trouxe diversos benefícios para a Danone:

  • Sistema de gestão fiscal na Nuvem e integrada ao ERP (SAP) da Danone, como a solução idela era o ideal para a Danone
  • Redução de 40% dos custos mensais nas operações de NFe com o software da Oobj, melhorando a performance do serviço e ainda entregando valor para os usuários
  • Alta performance nas emissões fiscais
  • Segurança dos documentos fiscais

Assim como a Danone, temos vários cases de inovação e em diferentes cenários. Acesse os cases de sucesso da Oobj e entenda na prática os benefícios das nossas soluções.

Para saber mais sobre as soluções gestão, emissão e recebimento fiscal da Oobj, acesse:


QUERO SABER MAIS


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ir para o topo