Adiada a obrigatoriedade da NFCe no RS para algumas empresas

0
nfce rs Tempo de leitura: 1 minuto

Empresas com faturamento inferior a 120.000,00 terão até 2020 para começar a emitir NFCe no RS.

 

NFCe no Rio Grande do Sul

Foi publicado dia 05 de Dezembro no Decreto Nº 54.364 que altera a data de obrigatoriedade da Nota Fiscal do Consumidor eletrônica no Rio Grande do Sul para empresas com faturamento inferior a 120.000,00.

Anteriormente a NFCe, documento substituto do “Cupom Fiscal”, passaria a ser obrigatória para todos os contribuintes a partir do dia 1º de Janeiro de 2019.

O prazo foi mantido somente para empresas com faturamento entre 120.000,00 e 360.000,00. Para empresas com faturamento inferior a 120.000,00 o prazo foi adiado para 2020.

Assim, a obrigatoriedade para todos os contribuintes independente do faturamento passa a ter início apenas em Janeiro de 2020.

 

Novo cronograma NFCe RS

  • 01/01/2019 – Contribuintes com faturamento igual ou inferior a R$ 360.000,00 e superior a R$ 120.000,00
  • 01/01/2020 – Demais contribuintes que promovam operações de comércio varejista

 

Como me preparar para a obrigatoriedade da NFCe?

Pensar com antecedência é muito importante para evitar possíveis imprevistos que podem prejudicar o seu negócio. É necessário escolher um bom emissor NFCe, que facilite o processo fiscal para todos os seus pontos de vendas e lojas.

De acordo com o manual de boas práticas da SEFAZ, é possível identificar a melhor solução para a sua empresa. A Oobj NFCe atende a todos os requisitos previstos e outras vantagens, confira:

 

CONHECER EMISSOR NFCE

 

Fonte: SEFAZ-RS

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *