Blog Oobj

Danfe Simplificado: o que é, como emitir e benefícios

0
Danfe simplificado Tempo de leitura: 3 minutos

O Danfe Simplificado tem como função facilitar as informações para o destinatário da mercadoria e trazer agilidade para o emitente da nota fiscal.

Este novo modelo surgiu por conta do aumento de compras online (e-commerce) e possui algumas especificações em seu formato, que foram divulgadas na Nota Técnica 2020.004.

Confira abaixo mais alguns detalhes sobre o assunto:



O que é Danfe Simplificado?

Bom, o Danfe, Documento Auxiliar de Nota Fiscal Eletrônica, é a representação da Nota fiscal eletrônica (NF-e) impressa, que apresenta as principais informações do documento fiscal. 

O Danfe precisa estar presente em todas as operações comerciais. Ou seja, este documento deve ir junto com a mercadoria até chegar no destinatário. 

Já o Danfe simplificado (modelo etiqueta) possui algumas especificações diferentes do modelo tradicional. Com o objetivo de, claro, facilitar o processo, substituindo o documento maior e mais completo (Danfe) por uma etiqueta com informações resumidas (Danfe simplificado). 



O que diz a Nota Técnica 2020.004 da NFe? 

Em agosto de 2020, foi publicada a NT 2020.004, que traz informações sobre os campos obrigatórios da NFe para a geração do Danfe Simplificado modelo etiqueta. 

Para este novo formato é obrigatória a exibição dos seguintes campos:

  1. Descrição “DANFE Simplificado – Etiqueta”
  2. Dados do emitente (Nome/Razão Social, Sigla da UF, CNPJ, Inscrição Estadual)
  3. Dados gerais da NF-e (Tipo de operação, se entrada ou saída, Série e Número da NF-e, Data de emissão)
  4. Informações do destinatário (Nome/Razão Social, Sigla da UF, CNPJ/CPF, Inscrição Estadual, quando existir)
  5. Valor total da NF-e
  6. Contingência EPEC (protocolo de autorização do evento)


Como funciona a emissão do Danfe Simplificado

Após todas as etapas realizadas em vendas online serem cumpridas, a NF-e é emitida normalmente pela loja e autorizada pela Sefaz. 

Ou seja, a “emissão” do novo modelo é semelhante ao Danfe tradicional, as etapas são as mesmas. O que mudará será apenas o formato e as informações dos campos necessários. Pois continua sendo obrigatório que a etiqueta acompanhe o produto até o destino final. 


Como deve ser a impressão do Danfe etiqueta?

Após o preenchimento dos campos obrigatórios descritos na Nota Técnica, a impressão pode ocorrer em uma impressora comum

O tipo de papel é indiferente, desde que a sua largura mínima seja de 55 milímetros. O código de barras deve ser visível para a leitura. 

A fonte do texto não pode ser inferior ao tamanho seis (6) e os títulos dos campos impressos devem ser em negrito e em LETRA MAIÚSCULA. 

A chave de acesso e o código de barras devem ser impressos no canto superior direito do papel, seguindo as normas do Manual de Orientação do Contribuinte (página 6).

No momento de organizar o produto na embalagem padrão para envio ao destinatário, o Danfe também deve ser acoplado na caixa.

Com isso, se coloca o Danfe simplificado em formato de etiqueta que acompanha a mercadoria em todo o seu trajeto. A etiqueta contém informações para acompanhamento da NFe, consulta da nota, dados sobre a compra, etc. 



Benefícios do Danfe simplificado

Este modelo é capaz de oferecer benefício duplo, tanto para quem vende, quanto para quem compra. 

Para o consumidor, o Danfe etiqueta favorece a leitura e facilita o entendimento das informações da NF-e. Uma vez que os dados estão resumidos, mas trazendo aquilo que é essencial.

Já para o emitente da nota, que vende a mercadoria, ele ganha agilidade na impressão e organização no despacho das mercadorias, acelerando as entregas. Além disso, há a redução de custos de impressão. Pois o Danfe Simplificado dispensa a folha de papel A4 (maior), uso de tonner e requer tinta para imprimir, já que na etiqueta as informações estão resumidas. 

Continue acompanhando as novidades da área fiscal se inscrevendo em nossa newsletter semanal:


💚 Sobre a Oobj

A Oobj é uma empresa de software especializada em documentos fiscais eletrônicos (emissão, recebimento e armazenamento). 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ir para o topo