Blog Oobj

Monitor Oobj: Novidades de Janeiro/2019

Segue abaixo os detalhes das melhorias implementadas e funcionalidades adicionadas às soluções da Oobj no mês de Janeiro de 2019. As novidades foram disponibilizadas nas seguintes versões:

  • Versão 18.22.0 – liberada no dia 14 de Dezembro
  • Versão 18.23.0 – liberada no dia 28 de Dezembro

 

Caso você queira conferir as mudanças realizadas nas demais versões, basta conferir nosso changelog abaixo.

 

Ver todo o Changelog

 

Validador de Arquivos do Monitor Oobj

Nas últimas versões de 2018 (18.22.0 e 18.23.0) foram liberadas algumas melhorias e dentre eles está o Validador de Arquivos. Muito pedido por clientes, o Validador indica se o XML possui ou não algum erro estrutural. Basta escolher o layout do arquivo informado (atualmente atende XML Oobj e XML Sefaz) para a ferramenta validar o conteúdo e indicar qual a falha e o possível campo em que está ocorrendo.

Para ambos layout é possível a validação tanto do arquivo de envio (tag principal enviNFe) quando do conteúdo do documento (tag principal NFe).

Os retornos possíveis para o Validador:

  • XML Válido – quando não há nenhuma falha no conteúdo informado
  • Falha de XML – quando existe pelo menos um erro na estrutura do conteúdo informado
  • Layout Inesperado – quando o validador não consegue validar o conteúdo conforme o layout indicado

Relatório CTe Emitidos por Tomador

Foi liberado um novo relatório para CTe agregando as informações por Tomador. Agora o emitente pode verificar detalhes dos CTes emitidos e qual o CNPJ está responsável pelo frete. Agora são 3 ao todo:

  • CTe Emitidos por Tomador;
  • CTe Recebidos por Tomador; e
  • CTe Recebidos com impostos por Tomador.

Os relatórios funcionam da mesma forma que os relatórios que possuem agregação para Destinatário (CTe Emitidos por Destinatário, CTe Recebidos por Destinatário e CTe Recebidos com impostos por Destinatário).

Detalhes do Acionamento de Contingência


Ainda na versão 18.22.0 foi entregue uma melhoria na tela de Contingência. Agora são exibidos detalhes do acionamento informando o usuário e o horário em que o Tipo de Emissão foi alterado. Caso não tenha sido alterado por um usuário do Monitor, é exibido o literal Motor Oobj.

Além do usuário e data/hora continuam sendo exibidos quais filiais estão em contingência e quais não estão, separados por modelo de documento (NFe, NFCe, CTe e MDFe).

Entregadores do Recebe Avançados

Aumentando a autonomia de parceiros e clientes, foram criadas telas para a configuração de Entregadores da solução Recebe DFe direto no Monitor. Já existiam algumas configurações simples já implementadas, porém foram adicionadas opções avançadas onde pode-se escolher se os documentos serão entregues em determinado diretório ou uma combinação de condições.

Os entregadores adicionados foram:

  • FTP – quando um documento tem que ser entregue em um endereço FTP. Aqui devem ser configurados o servidor de destino, porta, credenciais de autenticação e o caminho do diretório de destino
  • Diretório – quando um documento tem que ser entregue em um diretório no mesmo ambiente que está executando a aplicação. Aqui devem ser configurados o caminho do diretório e como será organizado os arquivos (subpastas)
  • Avançado – quando a regra de entrega é mais complexa: possui mais condições, tipos de entrega ou parâmetros

Para cada entregador, ainda é possível configurar:

  • Modelo – qual o modelo do documento que será entregue por essa regra
  • Tipo de Arquivo – qual o tipo do documento a ser entregue:
    • Proc DFe
    • Proc Evento
    • Resumo DFe – apenas para NFe
  • Conversor – em qual layout o documento deve ser entregue
  • Renomeador – com qual nome o documento deve ser entregue

Redução do tamanho do Monitor

Alguns clientes perceberam a demora no carregamento do Monitor Oobj. Nossa equipe de Desenvolvimento trabalhou então na refatoração de algumas partes do código para diminuir o pacote front-end do Monitor para que o carregamento fosse minimizado, por consequência.

Durante os testes iniciais, foi constatado que o pacote do Monitor poderia chegar a mais de 6 MB, isso sem estar logado. Após a minificação e compressão dos arquivos, o pacote final ficou com menos da metade do tamanho.

Outra ação que pode ser realizada é uma configuração no Tomcat (container que executa o Monitor Oobj) para otimizar o carregamento dos arquivos. Esta configuração é manual e tem que ser feita pontualmente.

Ir para o topo