Tudo sobre o Comprovante de Entrega Eletrônico (Canhoto Digital)

0
canhoto digital Tempo de leitura: 3 minutos

O Comprovante de Entrega Eletrônico (Canhoto Digital) é um projeto que tem o intuito de resolver o problema do canhoto físico, relacionado a entrega por parte da transportadora ou da empresa (emissora de NFe) com frota própria.

As empresas e transportadoras atualmente utilizam o tradicional Canhoto da Nota Fiscal normalmente contido no Documento Auxiliar da NFe ou CTe (DANFE ou DACTE) para comprovação da entrega da mercadoria ao destinatário.


Mas isso implica no armazenamento de papel muitas vezes oneroso para resguardar a empresa que fez a entrega. Outro problema é que uma representação física pode ser facilmente perdida ou alterada. Assim, este processo manual também vai na contramão dos avanços que o Fisco tem proposto para os documentos fiscais eletrônicos.

Portanto, para isso, o Canhoto Digital utilizará a captura de imagens de comprovação das entregas realizadas, aliada com o registro de eventos sobre os documentos CTe e NFe.

Atenção! O projeto ainda está em fase piloto. Logo muitas das definições aqui citadas podem ser alteradas conforme o projeto esteja em andamento.



Objetivos do Canhoto Digital 

Dentre os objetivos centrais do Comprovante de Entrega Eletrônico, podemos citar os seguintes:

  • Universalizar/Padronizar a prova de entrega (B2B e B2C) que muitas vezes diferem de empresa para empresa;
  • Promover a interação empresa/cliente. Um modelo de sucesso no exterior é o da Amazon, onde é possível comprovar a entrega da mercadoria;
  • Fortalecer os processo omnichannel no varejo realizados entre lojas físicas e lojas virtuais. Como por exemplo, casos onde um produto é comprado pela internet, mas sua entrega é realizada na loja física da empresa;
  • Deixar de usar o papel (guardar o canhoto físico) para comprovar a entrega.

Assim, é importante ressaltar que o projeto não irá substituir a manifestação do destinatário.

Ambos são eventos fiscais com finalidades diferentes. O Comprovante de entrega é a maneira que a transportadora ou a empresa que fez o transporte possui para comprovar que entregou a mercadoria. Ou seja, deverá ser feito pelo entregador (transportadora ou contribuinte com frota própria. Já a manifestação do destinatário é a forma do destinatário comprovar que recebeu de fato a mercadoria. 




Eventos do Canhoto Digital

Serão disponibilizados 2 eventos relacionados à comprovação de entrega:

  • Evento de Comprovação de Entrega para CTe -o evento deverá ser emitido pelas transportadoras nos casos em que a entrega for feita por empresa especializada em transporte. Este evento deverá ser propagado na NFe acobertada pelo documento emitido pela transportadora
  • Evento de Comprovação de Entrega para NFe – o evento deverá ser emitido por emissores de NFe nos casos em que a entrega for feita com frota própria.

Está previsto que os eventos terão campos para comprovar a entrega com todas as informações sobre o local e sobre a pessoa que recebeu a mercadoria. Dentre os dados a serem pedidos estão: 

  • Identificação de quem recebeu o produto. Ainda não está definido os campos, porém devem ser solicitados o ome, algum documento de identificação (CPF/RG) e até a assinatura;
  • Latitude e Longitude do local de entrega;
  • Data/hora da entrega;
  • Hash da chave de acesso + imagem de comprovação da entrega em base 64. Não há definição sobre qual imagem solicitar, porém a discussão é que a imagem poderá ser:
    • biometria da pessoa que recebeu; ou
    • foto da mercadoria no local de entrega (o modelo Amazon utiliza este método); ou
    • foto da assinatura digital realizada pela pessoa que recebeu; ou
    • foto do canhoto físico (papel) assinado


Esclarecimentos sobre o Canhoto Digital

O Canhoto Digital está com o prazo de implantação até Setembro de 2019 para as empresas piloto. Porém, o cronograma real será mensurado de acordo com o andamento dos testes com as transportadoras e empresas com frota própria.

Para ficar por dentro das últimas atualizações no cenário fiscal, acesse o nosso Webinar gratuito.

Nele tratamos a respeito do Responsável Técnico, Canhoto Digital, GTIN, Consulta Pública e mais:




ASSISTIR WEBINAR


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *