Novo grupo da NFe 4.0 agora permite rastreabilidade de produtos

9
Novo grupo da NFe 4.0 permite rastreabilidade de itens da nota fisca Tempo de leitura: 2 minutos

Novo grupo da NFe 4.0 permite rastreabilidade de itens da nota fiscal, entenda:

A NFe 4.0 trouxe em sua versão um novo grupo que permite que os itens da nota sejam rastreados. O foco é a rastreabilidade de qualquer produto sujeito a regulações sanitárias, casos de recolhimento/recall, além de defensivos agrícolas, produtos veterinários, odontológicos, medicamentos, bebidas, águas envasadas, embalagens, dentre outros casos.

Os novos campos trazem uma nova camada de informações sobre o produtos, com eles é possível ter um controle de quando um produto foi fabricado, informação de quando irá vencer e a identificação de lote e quantidade. Isso é feito a partir da indicação das seguintes informações:

  • Número de lote do produto (campo nLote);
  • Quantidade de produto no lote (campo qLote);
  • Data de fabricação/produção (campo dFab);
  • Data de validade (campo dVal);
  • Código de Agregação (campo cAgreg)

 

Preenchimento obrigatório do Grupo de Rastreabilidade

O preenchimento dos novos campos é obrigatório apenas em casos de medicamentos e produtos farmacêuticos, uma vez que os campos específicos da NFe 3.1 para medicamento foram removidos.

Porém, para os demais grupos o rastreamento de produtos permite que eles sejam rastreados desde sua emissão até a chegada no último elo da cadeia, fornecendo informações importantes tanto para consumidor quanto para o fornecedor.

 

Além do Grupo de Rastreabilidade outros campos foram criados

Vários campos foram criados e/ou modificados na NFe 4.0, entre eles: campo de pagamento, fundo de combate à pobreza, validação do GTIN, indicador de escala relevante, indicador de presença, campo de frete, código de Benefício Fiscal e diversas modificações nos campos de IPI.

Para que você saiba como realizar todas as mudanças necessárias e comece a emitir a NFe 4.0, preparamos um guia completo com os prazos e informações sobre como atualizar o seu sistema, e o melhor: é totalmente gratuito. Baixe agora o nosso guia e comece a emitir a NFe 4.0.

 

 

9 Comentários

  1. Muito bom !!!Top

  2. O código de agregação será gerado pelos fabricantes dos produtos?

    • Francine, olá.
      O código de agregação é um valor único gerado para a mercadoria com a finalidade de possibilita de rastrear todas as etapas do processo (transporte, armazenagem, venda, etc) de forma unificada e é de responsabilidade da indústria.
      Para o caso de medicamentos, por exemplo, a indústria farmacêutica irá informar o código e compor o controle de rastreabilidade do produto.

  3. Olá. Vocês saberiam me dizer se esses prazos e regras valem também para a NFc-e?

    • Rômulo, os prazos para NFe e NFCe são diferentes. A versão 3.10 será desabilitada para NFe no dia 02 de Agosto, enquanto que para NFCe a data é 1º de Outubro.
      Veja nesta notícia a informação mais atualizada sobre o cronograma:
      http://blog.oobj.com.br/nfe-4-0-adiada/

  4. E obrigatório colocar a data de fabricação, lote, validade de cada produto no campo de rastreabilidade ? Sendo que agente já coloca o lote e a validade nas informações adicionais .

    • David, olá.
      O preenchimento do Grupo de Rastreabilidade é obrigatório apenas em casos de medicamentos e produtos farmacêuticos.
      Caso sua empresa emita NFe com estes produtos, ela deve informar esses campos preenchidos e não só nas informações adicionais.
      Se se tratar de outros produtos não obrigados, você pode continuar com o mesmo preenchimento que utilizava na versão 3.10 da NFe.

  5. Boa tarde. Possuem um exemplo de um trecho do XML com o Grupo I80. Rastreabilidade de produto ? No caso de mais de um lote como ficaria?

    • Rafael, olá.
      Não temos um exemplo com o XML preenchido com este grupo, porém é o que o texto citou:
      Grupo <rastro> – de 0 a 500 ocorrências
      Dentro desse grupo os campos:
      <nLote> – tamanho 1 a 20 caracteres
      <qLote> – tipo decimal com 8 inteiros, podendo ter de 1 até 3 decimais
      <dFab> – data no formato AAAA-MM-DD
      <dVal> – data no formato AAAA-MM-DD
      <cAgreg> – campo opcional

      Caso tenha mais de um lote, basta duplicar o campo <rastro>.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *