CTe 3.00: O que mudou no documento auxiliar (DACTE)?

0
alterações dacte cte Tempo de leitura: 2 minutos

As novas regras para validação da versão 3.00 do CTe também tem impacto no documento auxiliar. Confira as mudanças:

A versão 3.00 do CTe trouxe diversas mudanças em campos do Conhecimento de Transporte. Além das alterações no XML, a Sefaz realizou modificações no DACTE (Documento Auxiliar do CTe). De acordo com Nota Técnica 2016.002, as mudanças vieram para refletir as alterações no documento original e portanto, todos os CTes na versão 3.00 devem seguir este novo layout.

Confira as principais alterações no DACTE:

 

Alterações na Identificação do CTe

No layout antigo do documento auxiliar, a identificação do CTe continha as informações de “Tomador do Serviço” e “Forma de Pagamento”. De acordo com o novo DACTE estes campos dão lugar às informações de “CTe Globalizado”.

 

“Tomador do Serviço” e “Forma de Pagamento”

Campos removidos

 

CTe Globalizado

Campo adicionado

 

Modal Rodoviário mais enxuto

O modal Rodoviário do CTe perdeu diversos campos com a mudança de versão. Esta alteração foi refletida no DACTE que conta agora apenas com o RNTRC da empresa nesta área. Os dados de CIOT, informações de motorista e vale pedágio foram retirados do Documento Auxiliar.

CIOT, informações de motorista e vale pedágio

Campos removidos

 

dacte

Campo mantido

 

Removidos campos de Seguradora

Outra alteração no DACTE foi a remoção dos campos de seguradora. Na nova versão do documento as informações foram retiradas e portanto não precisam ser impressas no documento físico.

campos de seguradora dacte

Campos removidos

 

nova versão dacte

Nova versão

 

Confira também tudo o que mudou na versão 3.00 do CTe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *